Pesquisar este blog

DICAS PARA CONTRATAR A DOMÉSTICA



Vamos colocar uma pessoa dentro de nossa 
casa que saberá a rotina de toda a família

- MUITA ATENÇÃO -



1) INFORMAÇÕES, REFERÊNCIAS E INDICAÇÕES:

- Sabendo sobre algumas informações profissionais da pessoa você se sentirá mais segura.
Dê sempre preferência a indicações por parte de parentes ou amigos. Dessa forma ela virá com o compromisso de mostrar bons serviços.

- Observe se ela tem uma aparência limpa, se está penteada e arrumada sem exageros.

- Se for muito jovem, em idade de engravidar, isso pode ser um inconveniente para você.


2) EXPERIÊNCIA

- É interessante contratar pessoas conhecidas e que já tenham um tempo de experiência caso você não tenha muito tempo para ensinar.

Além do mais, procure saber se a pessoa gosta de crianças (caso você tenha filhos) e idosos e se tem bastante paciência.

- Atender suas expectativas em relação ao serviço é fundamental. Pergunte como é a relação dela com crianças e também o que ela NÃO gosta de fazer.


3) CARTILHA DE DIREITOS E DEVERES

- É interessante também conferir a cartilha com informações sobre empregada doméstica direitos e deveres, assim vocês poderão reivindicar quando houver algo errado e saber quais os créditos que esse tipo de profissional tem.


4) CHECK LIST DE DOCUMENTOS BÁSICOS:

- Veja em primeiro lugar se a candidata tem seus documentos em ordem. (RG, CPF, CARTEIRA DE TRABALHO)

1. Se ela não tiver RG, e for pessoa jovem e com ótima indicação, peça para que tire RG e Carteira de Trabalho e depois venha lhe procurar.

2. Se ela tiver perdido o RG, tire um atestado de antecedentes. Se não houver problemas com o atestado de antecedentes, as indicações forem boas, e ela preencher os outros requisitos contrate-a e logo nos primeiros dias ajude-a a tirar a 2ª via do RG e da Carteira de Trabalho.

3. A Carteira de Trabalho da candidata vai lhe mostrar se a candidata é constante no serviço.

4. De acordo com a legislação trabalhista, domésticas não estão sujeitas a "período de experiência".

Escolheu mal?

Para demitir, vai ter que pagar todos os direitos dela, e mais o aviso prévio. Melhor prevenir.

Em qualquer outro caso não continue a entrevista, pois, esta pessoa não lhe serve.


5) A ENTREVISTA

- Primeiro, ao encontrar com a candidata sinta se você tem empatia com ela. Isso é muito importante pois você vai encontrar com ela diariamente, ela vai manusear seus objetos pessoais, roupas íntimas, etc.

- Pergunte tudo o que é importante pra você:

  • escolaridade (caso você vá se comunicar por bilhetes, anotar recados, receitas, etc).
  • o que mais gosta de fazer?
  • o que menos gosta de fazer?
  • sinta se ela é pró ativa, decidida, mandona, submissa.
  • pontualidade.
  • se gosta de televisão, telefone, se gosta de conversar.

Pergunte se ela tem filhos pequenos. Se você trabalha fora, se depende do trabalho da doméstica no dia a dia, dar a ela o luxo de faltar sempre que precisar não será uma boa. Filhos pequenos, mesmo se ela disser que estão na creche, vão fazer com que ela falte ao serviço.

Se você precisa dela presente em casa todos os dias. descarte!

* Se você está contratando uma doméstica que deverá cozinhar, tenha atenção!
Muitas, na ânsia de garantir a vaga, dizem saber cozinhar muito bem. Mas na prática você vai ver que mal sabem fazer um café. Pergunte tudo, desde pratos, temperos, até limpeza da cozinha.


O importante é você sentir se a pessoa que está na sua frente vai realmente corresponder às suas expectativas.


6) REFERÊNCIAS

  • Telefonando para a ex-patroa você já está analisando o quesito idoneidade.
  • Pergunte a respeito da honestidade e do caráter da pretendente.
  • Pergunte também sobre os hábitos da pessoa, se usava muito o telefone, se acordava no horário, se era limpa, educada, se aceitava ordens e se faltava ao serviço.
  • Pergunte também por que ela saiu. Faça a seguinte pergunta: ”Em sua opinião, quais são os pontos fracos de sua ex-funcionária?”.

  • Seja objetiva. A ex-patroa não vai estar disponível para ficarem horas falando da ex-funcionária.


- Se a candidata não parou em emprego algum, não ficará muito tempo em sua casa também, e tenho certeza de que a última coisa que você deseja é trocar de empregada.

- Uma candidata à empregada doméstica que saiba demais não lhe convém. Lembre-se de que um suprassumo é até inconveniente. Não se acostumará na função de doméstica.

Haja com bom senso e muita atenção.

Boa sorte!



[ clique aqui para baixar as dicas em PDF ]

3 comentários:

  1. As domesticas tambem pondem fazer entrevista? Tambem receio de trabalhar em uma casa onde nao conheco as pessoas

    ResponderExcluir
  2. não consigo abrir o manual de limpeza em pdf você pode me enviar por e-mail?
    rosangela_rais@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Acho INACREDITÁVEL ler, num blog ainda por cima escrito por uma mulher, que "se a candidata for jovem, ela pode engravidar e transformar-se num problema". É por isso que as mulheres têm mais dificuldades na hora de arranjar emprego e são pior pagas que os homens. Este tipo de discriminação é inaceitável: você pode contratar uma mulher mas velha (qual é o limite de idade?) e ela no primeiro dia partir uma perna e ficar 1 ano sem trabalhar.

    ResponderExcluir